Pesquise no site

Grupo foi preso na madrugada desta terça pela Polícia Civil acusado de tráfico de drogas, pistolagem, homicídio e assaltosl; até agora, doze pessoas estão presas envolvidas nos crimes.
Uma organização criminosa acusada de tráfico de drogas, pistolagem, assaltos e homicídios em vários estados brasileiros foi desmanchada na madrugada desta terça-feira (3), nas cidades paraibanas de Conceição, Patos e Campina Grande. O comando da quadrilha é atribuído a um detento que está preso no Sistema Penitenciário de Rondônia por tráfico de entorpecente.
Ao todo, 12 pessoas entre políticos, empresários e membros de pastorais de igrejas, foram presas na Paraíba. Além disso, houve ainda a apreensão de armas de fogo, munições de diversos calibres e mais de R$ 500 mil em dinheiro e cheques. Há suspeitas também de que o grupo fraudava concursos. A Secretaria de Segurança Pública da Paraíba confirmou que uma oficial de justiça foi preso por avisar a um traficante sobre a operação.
De acordo com o delegado André Rabelo, titular da 3ª delegacia regional de Polícia Civil no Sertão, foram três meses de investigações para as autoridades policiais chegarem aos integrantes do bando. Drogas, munições, armas e dinheiro foram apreendidos.
Segundo o delegado Glauber Fontes, que comandou as investigações, o ‘braço direito’ do preso na Paraíba seria um líder político da cidade de Conceição, que comandaria parte do bando no Sertão da Paraíba e cidades do Ceará. Ele foi ex-candidato a vereador, estava liderando pesquisas, mas teve o registro indeferido.
“Um dos crimes atribuídos esse político é de um casal de São Paulo morto no Sertão. Pesam contra a quadrilha cinco assassinatos e outras tentativas de homicídios. O grupo estaria agindo no tráfico de drogas, assaltos, mortes, pistolagem sob o comando do preso de Rondônia, que é paraibano, mas foi pego por tráfico de drogas”, revelou Fontes.
Segundo a Polícia Civil, em Conceição, a quadrilha comandava o tráfico de drogas no bairro Nossa Senhora de Fátima, considerado o principal ‘point’ de comércio de entorpecentes em Conceição. Os suspeitos foram levados para a cidade de Itaporanga. Já os presos foram  levados para a Delegacia Seccional de Patos.
148563,745,80,0,0,745,575,0,0,0,0148564,745,80,0,0,745,575,0,0,0,0

Portal Correio
3
0 Comentários

Postar um comentário