Dois suspeitos de participar do assassinato de uma jovem que teve o corpo jogado em uma fossa séptica de uma residência em Guarabira (Brejo do estado, a 98 km de João Pessoa) foram presos na manhã desta terça-feira (19). O crime aconteceu na sexta-feira (15), no bairro Alto da Boa Vista, e corpo foi encontrado no domingo (17). Outras duas pessoas que participaram do homicídio já foram identificadas pela polícia, mas até as 7h permaneciam foragidas.
A  DSPC do Brejo paraibano com sede em Guarabira em parceria com o 4 BPM acabam de solucionar mais um homicídio em tempo Record. Menos de 24 horas a polícia de Guarabira desvenda o assassinato de uma mulher jovem que teve corpo jogado dentro de uma fossa de uma na tarde do domingo (17), em uma residência do Alto da Boa Vista, em Guarabira, Rainha do Brejo paraibano. Após a constatação do homicídio, agentes do GTE e policiais da Guarnição do Comando, empreenderam diligências e descobriram que a Jovem identificada como Jane Gomes dos Santos, 26 anos, natural de Tibiri Santa Rita, havia sido assassinada com um disparo de revólver calibre .38 por seu companheiro conhecido por Mazaropi, natural de Guarabira e que já cumpriu pena por tentativa de homicídio. Por intermédio das diligências investigativas, descobriu-se que a casa havia sido alugada por uma menor conhecida por "Leninha" (apreendida pela polícia) para funcionar como uma "boca de fumo" a mando de um presidiário do PB01. No momento do crime, estavam na residência 4 pessoas, sendo uma mulher, a menor, um jovem de nome Julio Gonçalves Pereira Gomes, Julho Ostentação ou Gordinho da Al Quaeda que participou da ocultação do cadáver e o companheiro da vitima. Após a consumação do delito, a mulher que já foi identificada e encontra-se homiziada em João Pessoa foi responsável por retirar da residência as drogas e a arma utilizada no crime. Estão presos e apreendidos: o Gordinho da Al Quaeda e a menor Leninha. A Polícia encontra-se em diligência pra tentar capturar o autor do crime, qual seja: Mazaropi e a mulher que foi uma das coautoras do crime.
Veja o vídeo onde um dos acusados narra as circunstâncias em que o crime fora cometido.

Postado por: Portal do Júlio

Vídeo Portal Mídia


3
0 Comentários

Postar um comentário