Uma criança foi baleada no fim da noite de domingo (3) na comunidade do Rato Molhado, em Itaboraí, Região Metropolitana do Rio de Janeiro. De acordo com o 35º Batalhão, um motorista entrou por engano na favela. O carro foi cercado por vários criminosos armados, que fizeram vários disparos. Uma menina de 11 anos foi atingida.
O pai da garota contou que dirigia acompanhado pela esposa e pela filha quando entrou por engano em um dos acessos à comunidade. Após o ataque dos bandidos, o carro ficou com marcas de bala na parte traseira. A perícia encontrou uma cápsula calibre 40 no veículo.
Um dos tiros entrou pela tampa do porta-malas, perfurou o banco e atingiu a menina nas costas, na altura da lombar. A bala saiu na altura da barriga.
Depois do ataque, o pai levou a filha para o Hospital Municipal Leal Júnior, mas ela logo foi transferida para o Hospital Estadual Alberto Torres, em São Gonçalo, também na Região Metropolitana do Rio.
Os pais contaram que a criança está lúcida e passa bem. Segundo eles, o tiro não atingiu nenhum órgão vital. O caso será investigado pela 71ª DP, em Itaboraí.
G1
3
0 Comentários

Postar um comentário