Pesquise no site

Com as chuvas caídas na última semana, o primeiro manancial a sangrar foi a barragem de São Salvador, localizada na cidade de Sapé, que tem capacidade de armazenar 12 milhões de metros cúbicos de água.
A barragem atende os municípios de Sapé, Sobrado, Mari, Mulungu, Gurinhém e Cajá/Caldas Brandão.
Enquanto já tem barragem sangrando, várias cidades do Regional do Brejo, segundo a Cagepa, estão em regime severo de racionamento e correm o risco de colapso se não houver recarga em barragem.
As cidades de Bananeiras, Solânea, Araruna e Cacimba de Dentro, abastecidas pela barragem de Canafístula 2, que encontra-se com pouco mais de 5% de sua capacidade, estão sendo submetidas a racionamento, algumas delas tendo água somente três dias a cada duas semanas.
Ainda na região, as cidades de Dona Inês, Tacima, Riachão e Damião estão em colapso e são abastecidas através de carros pipa. A barragem de Jandaia, que atende os municípios, secou e não recebeu recarga suficiente para voltar a operar.
Portal 25 horas
3
0 Comentários

Postar um comentário