Pesquise no site

Moro ouviu secretários de segurança de vários estados, acatou algumas sugestões e fez mudanças no texto.
O ministro da Justiça, Sérgio Moro, disse nesta quinta-feira (14) que o projeto de lei anticrime deve ser entregue ao Congresso na semana que vem.

A proposta foi apresentada a governadores e parlamentares, algumas sugestões foram acatadas e mudanças foram feita com o objetivo endurecer o combate a corrupção, crime organizado e crimes violentos.

“O projeto deve ser apresentado provavelmente semana que vem. Estávamos esperando o restabelecimento do presidente [Bolsonaro]. Antecipamos a publicidade. Isso foi salutar. Recebemos diversas sugestões. Isso leva a possibilidade de aprimorar o projeto", disse Moro, em evento com juízes federais para apresentar pontos do projeto.

O texto prevê alterações em 14 leis, como o Código Penal, o Código de Processo Penal, a Lei de Execução Penal, a Lei de Crimes Hediondos e o Código Eleitoral.

"Temos ciência que existe um problema carcerário, portanto o projeto é focado no endurecimento da criminalidade mais grave. O sistema não comporta o endurecimento geral", afirmou o ministro.
3
0 Comentários

Postar um comentário