PROFESSORES DA UFPB DECIDEM EM ASSEMBLEIA POR MANTER GREVE

01 setembro
Na tarde desta segunda-feira (31), os professores da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), decidiram em manter a greve por tempo indeterminado, durante uma assembleia da categoria. A paralisação teve inicio no dia 28 de maio.
Durante a assembleia, realizada no Campus de João Pessoa, 124 professores votaram a favor da continuidade, outros oito pelo encerramento da greve e três preferiram não votar.
Em julho, o Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) suspendeu o calendário de aulas da universidade durante o período de greve. Com a suspensão, as aulas nos campi da UFPB ficam oficialmente paralisadas enquanto durar a greve.
A pauta da paralisação é a campanha salarial, em conjunto com os demais servidores públicos federais do Poder Executivo, e questões de caráter mais específico, predominantemente relativas a benefícios, verbas, carreira e condições de trabalho.

com G1

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.